Convencer os Revendedores

A direção da Chevrolet também realizou uma campanha de marketing interno
para conscientizar os funcionários da concessionária sobre todo o My Chevrolet.
Outra tática foi desenvolver um portal web específico para a rede chevrolet.
A rede, foi uma espécie de compensação por não ter envolvido as
concessionárias desde o início. O problema foi que as pessoas nas
concessionárias não acessam a Internet habitualmente. A rotina em uma
concessionária é muito estressante, a pressão do cliente é implacável, e nem
sempre é fácil usar novas tecnologias. Ainda, ambas estratégias se juntaram
muito bem. A colaboração rendeu mais um aumento de 30% nas vendas de
determinados produtos e acessórios.
Chevrolet comprar carros
O processo de aprendizagem compreendeu que o mundo online não pode viver
sem o mundo offline e que o site foi não é forte o suficiente para ficar sozinho
por um longo período de tempo dependendo das concessionárias. Depois de
tudo, pessoas ainda precisavam fazer test drives, ver veículos com seus próprios
olhos, sentar e cheirá-los. Isto tinha sido realizado desde o início do veículo
comércio eletrônico. No Brasil, 50% dos clientes ‘constroem’ seus carros na
Internet antes de ir à concessionária.
Nos Estados Unidos, há 5 anos, esse número já havia atingido 85%. Mesmo que
os clientes não concluem o negócio pela Internet, eles o usam para responder a
perguntas e obter informações. Um cliente vai até a concessionária para ver o
produto, test drive, pedir um desconto e concluir a transação.